Cuiabá - MT | Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021

Veja fotos dos presos por explosão de caixa eletrônico do BB

Veja fotos dos presos por explosão de caixa eletrônico do BB

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), divulgou a lista dos presos por suspeita de participação na explosão de uma Caixa Eletrônico da agência do Banco do Brasil do CPA II são eles: Maxwell Nogueira Silva, 22, Leonardo Souza Novais de Alencar, 22, Deykso da Silva Brito, 38, André Felipe Alves Mendes, 18, Luan Reis do Nascimento, 21, e Erik Felipe da Silva Almeida, 29, além da apreensão de menor de 16.

Com a prisão desse grupo a polícia já conseguiu recuperar cerca de R$ 63 mil em espécie que foi roubado da agência na madrugada de segunda-feira (2).

De acordo com a delgada Juliana Chiquito Palhares, que comanda as investigações, do total recuperado cerca de R$ 60 mil estava com mancha de tinta proveniente da explosão do caixa.

Já os outros R$ 3 mil foi recuperado no ato da prisão de quatro integrantes da organização criminosa.

As prisões foram efetuadas pela GGCCO na tarde de segunda-feira (02.09), no bairro Residencial Jardim Buriti, em Cuiabá. Lá quatro dos suspeitos foram autuados por crimes de furto qualificado mediante utilização de explosivo e associação criminosa. Outro dois foram detidos com drogas e arma e autuados por tráfico de drogas.

Logo após essa abordagem, policiais da GCCO descobriram que o dinheiro furtado estaria em uma residência no Bairro Santa Amália, onde outros criminosos tentavam limpar as cédulas manchadas com tinta vermelha em virtude da explosão.

Ao chegarem na casa, os policiais encontraram dois suspeitos, pai e filho. Eles  estavam exercendo a tarefa de limpeza das notas, sendo ambos conduzidos para a GCCO, onde os demais já estavam. Na residência havia vários locais com resíduos da tintura vermelha que estava nas cédulas. No entanto, não foram encontradas evidências de que o pai do suspeito, em que as cédulas eram lavadas, está envolvido nos crimes.

Na sequência, os policiais seguiram para uma residência no bairro Santa Inês, suspeita de ter pessoas que estavam auxiliando os ladrões na ação criminosa. Nesse local, dois suspeitos foram detidos e com eles apreendidos várias trouxinhas de droga, uma arma de fogo do tipo revólver e petrechos para o preparo da droga para a venda.

A participação de cada um no crime está sendo investigada pelas equipes da GCCO. “Ao final do inquérito será possível saber se há ligação destas pessoas com a invasão de outras agência bancárias em Cuiabá nos últimos dias”, disse a delegada.

O Crime 

Na madrugada de segunda-feira (2) criminosos invadiram a agência do Banco do Brasil no bairro CPA II, explodiram um caixa eletrônico e fugiram levando parte do dinheiro. A quantia roubada não foi divulgada pela instituição.

Com a explosão a agência foi destruída e está com as atividades suspensas até que os reparos estruturais sejam concluídos.

Veja também

Sete presos de quadrilha que explode caixas eletrônicos em Cuiabá

Veja fotos