Cuiabá - MT | Segunda-Feira, 02 de Agosto de 2021

Corinthians festeja aniversário com vitória sobre o Galo; já é o 3º

Corinthians festeja aniversário com vitória sobre o Galo; já é o 3º

No dia em que completou 109 de história, o Corinthians conseguiu uma vitória suada por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, neste domingo, em Itaquera, para chegar ao terceiro lugar do Campeonato Brasileiro. E o triunfo pode ir para a conta do goleiro Cleiton, do Galo. Ele errou um tiro de meta, deu a bola de presente para Mateus Vital, que serviu Gustagol para marcar aos 42 minutos do segundo tempo. Um castigo para jogador atleticano depois de tantas boas defesas durante a partida.

Corinthians: tá chegando!

O Corinthians supera os rivais São Paulo (31) e Palmeiras (30, com um jogo a menos) e pula para a terceira colocação, com 31 pontos, cinco abaixo de Flamengo e Santos. O Timão volta a jogar no próximo sábado, contra o Ceará, às 11h, em Itaquera.

Atlético-MG: distância cresce

O Atlético-MG acumula a terceira derrota consecutiva e começa a ver o bloco de clima a abrir vantagem na classificação. O Galo aparece em sétimo, com 27 pontos, e visita agora o Botafogo, domingo, às 16h, no Engenhão.

Rodrigo Santana orienta Réver e Patric

Rodrigo Santana orienta Réver e Patric (Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes)

Primeiro tempo

Corinthians e Atlético-MG colocaram muita correria na etapa inicial. O Timão ficou mais tempo com a bola no começo da partida, tentou pressionar, mas levou alguns sustos. Os mineiros foram melhores. Aos 23 minutos, Ricardo Oliveira recebeu cruzamento de Chará pela esquerda e desviou de cabeça. Cássio fez linda defesa. A resposta paulista foi imediata. Mateus Vital bateu bonito de fora da área para Cleiton voar e espalmar. Com espaço nas costas de Fagner, o Galo voltou a criar aos 27, mas Chará furou de frente para o goleiro rival. Aos 37, em lance semelhante, Manoel cortou o cruzamento e salvou o Corinthians antes que Ricardo Oliveira finalizasse na pequena área. Cássio ainda precisou evitar um gol contra de Vagner Love, de cabeça. No contra-ataque, o “Artilheiro do Amor” disparou e parou em defesa do goleiro atleticano.

Clayson, do Corinthians, e Patric, do Atlético-MG, na partida deste domingo

Clayson, do Corinthians, e Patric, do Atlético-MG, na partida deste domingo (Foto: Marcos Ribolli)

Segundo tempo

O jogo recomeçou em alta intensidade novamente. Desta vez, o Corinthians conseguiu melhorar a marcação e diminuir os espaços do Atlético-MG, mas sem sufocar no ataque. A primeira boa chance saiu aos 16 minutos, em chute de longe de Mateus Vital. Cleiton espalmou mais uma. Aos 20, Pedrinho passou por Fábio Santos, mas finalizou para fora de pé direito. O Corinthians insistiu e chegou ao gol aos 42 minutos com uma enorme ajuda do goleiro Cleiton. Ele bateu nos pés de Mateus Vital um tiro de meta. O meia-atacante serviu Gustagol, que finalizou sem chances defesa. O Atlético tentou responder no fim, foi para cima, mas acabou derrotado.

Gustagol chora e comemora o gol do Corinthians

Gustagol chora e comemora o gol do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)  (Globo Esporte)