Cuiabá - MT | Sábado, 12 de Junho de 2021

Com gol de Nikão, Athletico faz 1 a 0 e decreta a terceira derrota seguida do Ceará

Com gol de Nikão, Athletico faz 1 a 0 e decreta a terceira derrota seguida do Ceará

Nikão Athletico Ceará (Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo)

O Athletico jogou para o gasto, venceu o Ceará por 1 a 0 e encostou no G-6, o grupo de classificação para a Libertadores de 2020. O atacante Marco Ruben deu a assistência, e o meia-atacante Nikão marcou o único gol na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada.

Como fica?

Com o resultado, o Athletico sobe para o oitavo lugar, com 25 pontos. Ele fica dois pontos atrás do Atlético-MG, último dentro do G-6 – o Galo, porém, visita o Corinthians no domingo. O Ceará, por sua vez, estaciona na 13ª posição, com 20 pontos. O Vozão ainda pode ser ultrapassado por Vasco e Fortaleza no complemento da rodada.

Agenda do Athletico

O próximo desafio do Athletico pelo Brasileirão será diante do Santos, no dia 8, um domingo, às 16h, na Vila Belmiro. Antes, o Athletico enfrenta o Grêmio pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. Na ida, derrota por 2 a 0. A volta será na quarta, às 19h, na Baixada.

Agenda do Ceará

O Ceará terá a semana cheia para trabalhar. O time de Enderson Moreira só volta a campo para enfrentar o Corinthians. A partida da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro está marcado para sábado, às 11h (horário de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo.

Primeiro tempo

Athletico e Ceará protagonizaram um primeiro tempo equilibrado, mas com poucas emoções. Até os 47, cada time tinha finalizado cinco vezes. O Furacão apostava nas jogadas pelos lados, principalmente com Rony e Nikão, mas a bola praticamente não chegada em Marcelo e Marco Ruben. Já o Vozão depositava suas fichas nos contra-ataques, também sem sucesso. A etapa inicial caminhava para o 0 a 0, até que Marco Ruben cruzou para trás e Nikão bateu no canto – 1 a 0.

Segundo tempo

O jogo seguiu equilibrado no segundo tempo, mas o ritmo caiu ainda mais. O Athletico valorizava o resultado e já não atacava com tanto ímpeto. E o Ceará até rondava a área rubro-negra, não tinha criatividade para entrar nela. Com isso, o Vozão apostava em chutes de longe, sem perigo. Enderson Moreira apostou nas entradas de Chico, Wescley e Bergson, e o time visitante tentou até o final. O Athletico, porém, conseguiu administrar o resultado e garantir o 1 a 0. (Globo Esporte)