Cuiabá - MT | Terca-Feira, 15 de Junho de 2021

Com Exército, governo de MT intensifica combate aos incêndios e desmatamentos ilegais

Com Exército, governo de MT intensifica combate aos incêndios e desmatamentos ilegais

Os órgãos responsáveis pelas ações de comando, controle e proteção ao Meio Ambiente intensificam as operações de combate a incêndios florestais e desmatamento ilegal e novas ações foram definidas durante reunião na sexta-feira (30.08), uma vez que Exército Brasileiro irá compor as equipes em campo.

As Secretarias de Estado de Meio Ambiente (Sema) e de Segurança Pública (Sesp) e a Superintendência do Ibama em Mato Grosso já estão com 16 equipes em campo atuando em sete regiões da Amazônia. O Exército deverá auxiliar com o fornecimento de viaturas, instalação de bases e acampamentos de apoio e infraestrutura de comunicação para transmissão e recebimento de dados.

O chefe de Estado Maior da 13ª. Brigada do Exército Brasileiro, coronel Vladimir Tadeu Ferreira, explica que dentro do Decreto Federal de Garantia da Leia e da Ordem, a instituição está pronta para atuar, “prestando apoio de logística e segurança para que as equipes do Governo possam atuar com total liberdade”.

De acordo com a gestora da Sema, Mauren Lazzaretti, a Ação Integrada de Contenção de Desmatamentos e Queimadas no Bioma Amazônia terá tolerância zero com os crimes ambientais que forem identificados.

“Continuaremos com a ênfase de cobertura das ações de comando e controle em todo Estado, especialmente nas áreas já identificadas pela Plataforma de Monitoramento com Imagens de Satélite Planet. Seguimos na reunião planejando novas ações de comando e controle. Estamos ordenados de forma cooperada na ação para cessar o dano ambiental e assegurar a manutenção da floresta”, reforça a secretária.

Com Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT), Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Delegacia Especial de Meio Ambiente (Dema) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) em campo, a Sesp atua no combate aos incêndios, repressão aos crimes, investigação, perícia e apoio logístico.

“Nossas estruturas de apoio logístico e operacional estão à disposição dessa grande operação determinada pelo governador Mauro Mendes para combater os incêndios florestais e desmatamento ilegal”, garante Alexandre Bustamante, gestor da Sesp.

A parceria com o Governo Federal, por meio do Ibama, segue no Estado de Mato Grosso.

“O Ibama já trabalha de forma tanto preventiva como repressiva nessas ações de combate às queimadas e ao desmatamento ilegal, principalmente nas áreas de competência federal como os parques nacionais e as terras indígenas”, argumentou o superintendente Gibson Almeida da Costa Junior, do Ibama em Mato Grosso.

“Estamos fazendo esse trabalho conjunto com o Estado de Mato Grosso nesse período crítico para somar esforços e ter mais eficiência no combate aos crimes ambientais”, enfatiza   Gibson Almeida.