Expediente | Quem Somos         
   Terca-Feira, 29 de Setembro de 2020   

CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT
Inserido em: 29/08/2019  08:31:46


VLT: Grupo de Trabalho em Cuiabá


*VICENTE EMÍLIO VUOLO

vicente-vuolo-filho.jpg

Vicente Vuolo: "o Sars e a gripe das aves também se originaram de mercados de animais"

Aconteceu, nos dias 26 e 27 de agosto, a primeira reunião do Grupo de Trabalho (GT) que definirá o destino do Veículo Leve sobre Trilhos de Várzea Grande e Cuiabá: se será finalizado e administrado pelo Estado, por uma Parceria Público Privada (PPP) ou privatizado.
                   Esse GT foi criado pela Portaria n° 1.674 de 11 de julho de 2019, formado por integrantes da Secretaria Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos, do Ministério do Desenvolvimento Regional, pelo Governo do Estado de Mato Grosso e a Caixa Econômica Federal.
Leia Também:
-Dinheiro certo para o VLT
-VLT: o sonho de dom Milton
-CDL Cuiabá quer VLT
-VLT impulsiona o turismo
Estiveram presentes visitando o canteiro de obras e reunidos com os representantes do governo estadual, o senhor Marcos Daniel Souza dos Santos, Coordenador Geral de Análise de Empreendimentos, e a senhora Kátia de Oliveira, Assistente Técnico, ambos, da Secretaria de Mobilidade do MDR.
                   Foi, sem dúvida, mais uma grande vitória do Movimento Pró VLT. Levar os técnicos para a primeira reunião do GT em Cuiabá demonstra seriedade no trabalho e compromisso com a população.
                   A portaria estabelece o prazo de 120 dias (4 meses) para a conclusão dos trabalhos contados a partir da publicação da portaria, dia 11 de julho. Ou seja, faltam pouco mais de 2 meses para a retomada das obras do VLT.
                   O Movimento Pró VLT é um movimento cívico, suprapartidário, formado por lideranças compromissadas com as grandes causas de nossa cidade e preocupadas com a nossa próxima geração. Existem diversas manifestações da sociedade em prol da conclusão imediata das obras do VLT, nas redes sociais, em forma de pesquisa e enquete, o que demonstra o alto grau de participação e maturidade política de nossa população. Dentre os principais motivos estão: sustentabilidade, rapidez, economia, menor tarifa, segurança, conforto e modernidade.
                   O Movimento Pró VLT vem ganhando força a cada dia, pela conduta ética dos participantes e pela forma transparente de abordar o tema em todos os momentos. São parlamentares, da bancada federal e estadual, prefeitos e vereadores de Cuiabá e Várzea Grande, professores, profissionais liberais, entidades representativas como o Instituto de Engenharia, CDL, Fecomércio, Rotary Club Cuiabá, Associação Mato-grossense dos Municípios, além do apoio de veículos de comunicação importantes, TVs, jornais, sites e blogs, todos engajados na luta pelo término das obras desse transporte ecologicamente correto.
                   A criação do GT demonstrou interesse do governo federal na conclusão da obra, um interesse de boa gestão e técnico. A forma de sua conclusão deverá acrescentar o interesse político e gestão financeira mais adequada. Isso é o que espera o Movimento Pró VLT.
                   Tenho conversado com todo mundo, em Cuiabá em Várzea Grande e em Brasília. As reuniões têm alimentado a esperança de que a obra será retomada. Até o momento nenhum obstáculo intransponível foi apresentado, mas é fundamental que as pessoas e as entidades que somam a cada dia ao Movimento Pró VLT se mantenham alertas e mobilizadas.
*VICENTE EMÍLIO VUOLO  é economista e cientista político em Mato Grosso e Brasília.
CONTATO: www.facebook.com/vicente.vuolo — —  INSTAGRAM@vicentevuolo 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
izmir escort izmir escort izmir escort izmir escort denizli escort antalya escort antalya escort antalya escort antalya escort ankara escort izmir escort izmir escort
scroll to top