CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT

“Não passo mão na cabeça de ninguém”, rebate Misael em cobrança de Abilinho por isenção da Câmara de Cuiabá

Misael-Galvão-discute-com-Abilinho-Brunini-na-Câmara-de-Cuiabá.jpg

A câmara municipal de vereadores de Cuiabá, foi palco mais uma vez de um desentendimento entre parlamentares. Desta vez o embate foi entre Abílio Brunini Júnior (PSC) e Misael Galvão (PSB), na sessão plenária desta terça-feira (13).

No auge da sessão, Abilinho usou a tribuna para dizer que não compactua com alguns feitos do colega presidente da casa. “Vereador tem que fiscalizar. Pare de me promover e vai fiscalizar”.

Abilinho cobra que a Câmara fiscalize a prefeitura e acusa Misael de ser serviente do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Já Misael rebateu as acusações do colega e disse que ele tem um despreparo emocional. ” É nítido que o senhor tem um despreparo emocional para lidar com algumas situações”.

Misael continuo respondendo que “não está aqui para passar a mão na cabeça de ninguém”, e desafiou Abilinho a conhecer a sua história de vida.

“Vai conhecer a minha história primeiro. Eu não estou na política por ego pessoal, se eu fosse fazer isso ficaria ao lado da minha esposa na gestão do Shopping Popular”.

O presidente da casa finaliza dizendo que sempre respeitou o colega e o tratou com respeito. Após o embate a sessão segue normalmente com as discussões em pauta.

Diante do clima de guerrilha, no plenário das deliberações do Palácio Pascoal Moreira Cabral, o presidente   Misael Galvão encerou a sessão com Salmos 34; versículo 12 “Quem é o homem que deseja a vida, que quer largos dias para ver o bem? 13 Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
scroll to top